31 de agosto de 2017

Inquérito Civil é instaurado contra Walter Volpato no Ministério Público


Hoje chegou na câmara de Vereadores de Sarandi o processo do Ministério Publico, o qual abriu o inquérito civil contra o Prefeito Walter Volpato. 

A Câmara de Vereadores protocolou a denúncia no dia 18 deste mês, dando andamento no que foi dito pelo Presidente Carlos Roberto Falashi (Leão), o qual noticiou as emissoras de Tv que mesmo com o pedido de abertura de CP (comissão processante) negado pela maioria dos Vereadores na Câmara, eles encaminhariam para o Ministério Publico para que fossem realizadas as investigações necessárias. 

O inquérito foi em razão da denúncia protocolada por Admir Machado (popular Zinho) em 6 de julho deste ano, o qual obtiveram apenas 3 votos favoráveis para que fosse investigado pela própria Câmara de Vereadores e com isso a CP não foi adiante. 

Denúncia: 
Duas irregularidades constam em licitações de conserto de veículos, a comprovação é feita após dispensa de licitação para manutenção de ônibus escolar no dia 26 de junho, contrariando dispositivo do pregão presencial e homologado dois meses antes. 

Não poderia haver dispensa de uma licitação já realizada e tramitada dentro da legalidade, na dispensa houve uma segunda empresa ganhadora. A verba provem do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação (Fundeb).

Além do Prefeito, a princípio os Vereadores que foram contrários em abrir a investigação serão chamados pela promotoria para prestar esclarecimentos em relação a atitude, podendo quem sabe também responderem processo administrativo posteriormente. 

Segundo nosso amigo "bastidor", existem novos documentos, inclusive de pessoas que passaram a trabalhar na prefeitura e com clara ligação com Vereadores que foram contrários a abertura de CP, tudo entrará nesse processo cível, declarou o "bastidor".

Nenhum comentário: