Clique na imagem para saber mais...

3 de janeiro de 2014

Sarandi registra o primeiro homicídio de 2014


Um rapaz de 21 anos foi executado a tiros na tarde desta sexta-feira (3), em Sarandi, região metropolitana de Maringá. O crime aconteceu por volta das 16h em frente à casa da vítima, que fica na Rua José Galindo Garcia, no Jardim Nova Aliança. Esse é o primeiro homicídio registrado na cidade em 2014.

Testemunhas relataram à polícia que os tiros que mataram Dionatan de Oliveira Santos foram disparados por dois homens que estavam em uma moto de cor vermelha - o modelo não foi identificado. Na cena do crime foram recolhidas várias cápsulas de pistola 9 milímetros.

Segundo a mãe do rapaz, Ivani de Oliveira dos Santos, 43 anos, o filho tinha acabado de chegar em casa e foi surpreendido pelos atiradores ao sair para fechar o portão do quintal, que havia deixado aberto. Alvejado no tórax e na cabeça por vários tiros, Santos caiu morto ao lado do portão, enquanto os criminosos fugiram do local.

Ivani contou ainda à polícia que vizinhos disseram ter visto os criminosos próximos à residência, possilvemente aguardando pela chegada da vítima. Eles teriam se aproximado assim que Santos chegou e aproveitaram o momento que ele saiu para fechar o portão para matá-lo.

De acordo com a polícia, a suspeita da mãe é que a ordem para assassinar o filho tenha partido de dentro da cadeia pública de Sarandi. Segundo ela, há alguns meses o filho estaria mantendo relações com a ex-mulher de um detento que, ao saber do caso, teria jurado Santos de morte.

Ainda segundo a polícia, a vítima tinha antecedentes criminais por furto, em 2011.

Em 2012, um amigo de Santos foi morto no mesmo endereço. Ricardo Arruda de Oliveira, 19 anos, - também conhecido como 'Pinóquio' - foi executado com um tiro na nuca no momento em que preparava cerol para soltar pipa. O autor do crime se apresentou dias depois e alegou ter sido ameaçado por Oliveira, a quem ele atribuiu a morte do amigo Rogério Silva Galindo, 20 anos, ocorrida meses antes.

Elucidados
A morte de Santos é o primeiro homicídio registrado em Sarandi este ano. Em 2013, foram 26 assassinatos, sendo que 22 foram elucidados. O delegado de Polícia Civil, Reginaldo Caetano, aguarda para os próximos dias os resultados de exames de balística que podem solucionar outros três crimes ocorridos na cidade, o que elevaria para 96% o índice de elucidação.(Via Odiário)