Clique na imagem para saber mais...

3 de abril de 2014

Professora surta, xinga e belisca alunos em escola pública

Uma professora de uma escola municipal de São José dos Campos (SP) surtou na tarde desta quinta-feira (3), agrediu três alunos e teve que sair escoltada por policiais militares da escola do Rio Comprido, na zona sul da cidade.

Revoltados com a professora, que teria beliscado e xingado os alunos da 4ª série do ensino fundamental de "perversos e criminosos", algumas mães invadiram a Dutra e fecharam a rodovia por cerca de 20 minutos. O trânsito ficou moroso na pista sentido Rio de Janeiro.

O grupo decidiu bloquear a rodovia depois que descobriu que a professora saiu escondida da escola com a ajuda de policiais. "Queríamos que ela saísse pelo portão da frente, algemada", afirmou o morador Jefferson Varandas. A prefeitura informou que após o incidente a professora foi afastada da escola (leia nota abaixo).

Segundo os pais, além de xingar os alunos, a professora também chamou os moradores do bairro de marginais e atirou objetos pela sala. O problema ocorreu por volta do meio-dia. "Eu estava dormindo e escutei a gritaria, entrei na escola e a professora estava pulando pela sala de aula", contou Zyliane Alcântara, que mora em frente à escola. 

Alunos
"A professora me beliscou e bateu em meu olho e arranhou alguns alunos. A gente saiu correndo da sala porque estávamos com medo", disse um estudante de 10 anos. De acordo com os alunos, a professora não estava passando nenhuma matéria, eles tinham acabado de voltar da aula de Educação Física e estavam esperando para irem embora.

Segundo eles, a professora era substituta e já tinha ministrado outras aulas na escola, inclusive na última segunda-feira (31).
Moradores do bairro Rio Comprido durante ato na
Dutra (Foto: Ana Paula Cunha/ G1)

Outro lado
Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Educação informou que ocorreu um "desentendimento em sala de aula" e que a professora foi afastada. Segundo a secretaria, a professora substituiu outra funcionária por problemas familiares. De acordo com a secretaria, a Polícia Militar e a Guarda Municipal foram acionadas para garantir a segurança das pessoas. A Secretaria de Educação abriu um processo administrativo para averiguar as circunstâncias do ocorrido e, após concluído, tomará as providências cabíveis.

Veja abaixo a nota da Secretaria de Educação na íntegra

A Secretaria de Educação de São José dos Campos foi comunicada, por volta das 12h desta quinta-feira (3), sobre um desentendimento em sala de aula envolvendo uma professora eventual e alunos do 4º ano da EMEF do Rido Comprido. Esta professora foi chamada hoje para substituir a professora titular que teve um problema familiar.

A diretora da escola interviu e assegurou aos pais que iria averiguar o ocorrido e tomar providências. No entanto, na saída da aula, houve um novo desentendimento entre os pais e a professora. Como a professora estava sendo impedida de deixar a escola pelos pais, a guarda municipal e a polícia militar foram acionadas no intuito de garantir a segurança e a integridade física das pessoas.

A Secretaria de Educação abriu um processo administrativo para averiguar as circunstâncias do ocorrido e, após concluído, tomará todas as providências cabíveis. A professora já foi afastada desta escola. (G1)