PROGRAMA BOM DIA SARANDI Com Marcos Mochi, todos os sábados das 6 as 8 da manhã na 91.3 FM...

20 de outubro de 2013

PF descobre fraude em 41 diplomas de médicos

A Polícia Federal (PF) desencadeou ontem a Operação Esculápio, contra fraudes nos diplomas de 41 médicos formados no exterior que atuavam ou pretendiam atuar no país. Os profissionais, a maioria brasileiros e alguns bolivianos, apresentavam certificados de três universidades da Bolívia, mas não concluíram o curso ou nem sequer foram alunos das instituições. Dos 41, pelo menos dois já clinicavam, na Bahia e no Amazonas, segundo a PF.


Atuação
O grupo está espalhado por 14 estados: além de Bahia e Amazonas, estão em São Paulo, Rondônia, Acre, Alagoas, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Paraíba, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rio Grande do Sul.

Os médicos foram flagrados ao prestarem, em agosto, um exame de revalidação do diploma na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). O teste não é obrigatório para participantes do Mais Médicos. Foi a UFMT que acionou as universidades bolivianas e constatou o problema.

A instituição procurou então a Polícia Federal, que verificou que 70% dos médicos se inscreveram no teste representados por cinco advogados ou despachantes. Eles também serão investigados.

Ontem, policiais cumpriram 41 mandados de busca e apreensão nas casas dos médicos, a fim de obter os documentos fraudulentos. Nenhum mandado de prisão foi emitido pela Justiça. Os médicos suspeitos serão chamados para depor e podem ser acusados de uso de documento falso e falsidade ideológica, além de exercício ilegal da medicina.(Gazeta Maringa)

Nenhum comentário: