13 de fevereiro de 2015

Prato Vazio

Do jornal O Globo – A prefeitura de São Bernardo do Campo (SP) cortou parte da merenda escolar servida em 80 das 200 unidades da rede municipal. Na gestão do prefeito Luiz Marinho (PT), desde o início das aulas deste ano as crianças do período matutino não têm mais direito ao café da manhã. Os que estudam à tarde perderam o direito ao almoço e ficaram apenas com o lanche do intervalo.

A prefeitura alegou que a mudança tem o objetivo de “evitar desperdício de comida e prevenir a obesidade infantil”. A situação, que pegou pais e alunos de surpresa, levou o Ministério Público estadual a instaurar inquérito civil.

☺E você achando que só Maringá estava fazendo isso!!!

Inconformados, os pais fizeram um protesto durante sessão na Câmara Municipal. Antes da mudança, entre 7h e 7h10m era servido um café da manhã, geralmente com pão com manteiga e café com leite, ou cereais com achocolatado, segundo relataram alunos ouvidos pelo O GLOBO. Agora, a única refeição do aluno é um almoço às 10h40m. No período da tarde, o almoço às 13h foi suspenso. O único lanche ocorre por volta das 15h40m (pode variar conforme a escola). Nesse cardápio, na maioria dos dias, alunos comem pão de cachorro quente com carne moída, salsicha ou frango desfiado.

Nenhum comentário: