3 de março de 2015

Presidência do Congresso Nacional rejeita a MP 669

Foi acertada a decisão da presidência do Congresso Nacional em rejeitar a MP 669, que aumenta as alíquotas das empresas sobre a folha de pagamento. O governo não fez esforços para cortar gastos supérfluos e desnecessários. Jogou na conta dos trabalhadores e dos consumidores. A crise não será instalada pela devolução dessa MP. A crise já existe, e é resultado da falta de rumo! Entre outras coisas...

Nenhum comentário: