19 de abril de 2015

O Triângulo das Bermudas é só a ponta do iceberg

Vincent H. Gaddis foi o grande inventor da expressão “Triângulo das Bermudas”, escritor e investigador que desde cedo se especializou nos tais fenômenos inexplorados (misteriosos, desconhecidos ou insólitos). Muito consagrado, publicou vários livros como: Invisible Horizons.

O Triângulo das Bermudas é um local conhecido no mundo todo, pelo mistério que o envolve, sendo um ponto de desaparições inexplicáveis, bem como outros fatos muito intrigantes.

Vários navios, aviões e até mesmo submarinos desapareceram na região, bem como apenas tripulações. Os casos mais famosos são de navios que foram encontrados ali, no século XVI, completamente abandonados, tendo sua estrutura intacta, bem como a carga, excluindo assim um ataque de piratas.
Nestes casos os navios eram encontrados com todo o ouro, armamento, roupas e comidas á bordo, porém sem nenhum tripulante, ou algum sinal destes.
Será um ponto onde extraterrestres fazem suas principais capturas? Ou será que ali é só a base de tudo que ocorre de estranho nos outros locais da terra?
Físicos de todo o planeta certificam que há uma atividade elétrica intensa na região, bem como um campo magnético fora do comum, mas nada se sabe além disso.
Um dos livros de Vicent com maior repercussão é o Invisible Residents, onde ele expõe a teoria original, de que os extraterrestes viveriam há milênios na superfície de lagos, oceanos e mares do nosso globo.
E é justamente nesses lugares, onde jamais pensaríamos em procurá-los, que estaria o grande segredo dos objetos voadores.
Vincent H. Sandon teria dado comprovações de uma certa visão do futuro, quando incluiu nos fenômenos registrados em Invisible Residentes, os diversos desaparecimentos ocorridos próximo a zona do Triângulo das Bermudas.
Ele ainda notou que por um lado o termo “Triângulo” não teria nada demais para estipular a zona em que houveram tanto desaparecimentos registrados, e que ainda existiam mais de onze regiões parecidas na superfície do nosso globo, todas exatamente situadas a distância iguais.
Quase toda a população já ouviu falar, com grande ênfase do Mar do Diabo (situada no Japão) ou do Mar da Tasmânia (Próximo à costa sudeste da Austrália), essas são duas das regiões do globo, onde se produz grandes fenômenos insólitos, muito parecidos com o que ocorre no Triângulo das Bermudas.

Society for the Investigation of the Unexplained

Acredita-se que os membros da Society for the Investigation of the Unexplained fizeram grandes descobertas quando revelaram ao povo a existência dessas zonas, lhes faltando tempo para estudarem mais a fundo.
Até hoje a região do Triângulo das Bermudas continua sendo um mistério, com grandes histórias de desaparecimentos e aparecimentos inexplicáveis, sem qualquer tipo de ligação com tudo que conhecemos em várias regiões do globo.
Acredita-se que as outras regiões misteriosas do planeta ainda têm algum tipo de ligação, como se fossem dependentes do Triângulo.

O grande mistério na região da Transilvânia

 floresta Hoia Baciu
Em uma floresta na Romênia seria o lar de muitos fenômenos paranormais.
Mesmo a Transilvânia sendo relacionada sempre com histórias de vampiros, a floresta Hoia Baciu (próxima a cidade de Cluj Napoca), talvez seja mais conhecida por sua reputação de floresta mais assustadora do mundo.
Durante muito tempo está floresta tem sido o lar de vários contos inexplicáveis, que logo ficou conhecida como “O Triângulo das Bermudas da Transilvânia”.
A floresta parece realmente sair de um dos contos de fadas com grandes árvores torcidas e disformes realmente ameaçadoras, os visitantes sempre relatam grande ansiedade antes de entrar na floresta, e quando voltam, sentem erupções, queimaduras, arranhões, sintomas de perda de noção do tempo e até dores de cabeça.
Os relatos sempre apontam para aparições e vozes sem corpo, muitos acreditam que a floresta é morada de espíritos assassinados que não conseguem “seguir em frente”.
Um pastor desapareceu sem deixar vestígios junto com suas 200 ovelhas na floresta, batizando assim a floresta com seu nome em forma de homenagem.
E mesmo após muitos estudos, não se acham explicações para os fenômenos acontecidos na região, seria essa floresta, uma dependente dos Triângulo das Bermudas? Seria uma grande base de estudos dos extraterrestres, tal qual é o Triângulo?
Os que se aventuram em estudar isso de longe, não conseguem muitas informações, os que vão até o local, ver de perto o que está acontecendo, acabam sendo penalizados de alguma forma e os que questionam isso tudo, são considerados loucos.
Qual o interesse em manter esses locais inexplorados, porque os governos que detêm grandes núcleos de cientistas não se arriscam a estudar estes campos e, quando estudam, não divulgam suas conclusões?
Pode não ser nada, mas há muita coisa estranha acontecendo na Terra e não se resume somente no Triângulo das Bermudas. (Inf. misteriomania.com)

Nenhum comentário: