23 de setembro de 2015

Richa será o “pior” eleitor nas eleições de 2016, diz Paraná Pesquisas


Os candidatos a prefeito nos 399 municípios do Paraná, nas eleições de 2016, terão motivos de sobra para fugir do governador Beto Richa (PSDB) como o diabo foge da cruz. Isto é, se tiverem juízo e quiserem ganhar nas urnas.

Segundo a Paraná Pesquisas, de Murilo Hidalgo, 50% dos eleitores do município de Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba, não votariam num candidato a prefeito apoiado pelo governador tucano.

Por outro lado, apenas 14% dizem que não votariam num candidato apoiado pelo deputado licenciado e secretário do Desenvolvimento Urbano (SEDU) Ratinho Júnior (PSC).


Ainda a título de comparação, 17% dizem que não votariam num candidato apoiado pelo senador Alvaro Dias (PSDB).

Na última sexta-feira (18), durante posse da nova diretoria da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Richa foi vaiado por cerca de 3 mil empresários e, em contraste, Alvaro foi aplaudido de pé.

Alvaro e o colega de parlamento Roberto Requião (PMDB), ambos, motivariam o voto de 37% do eleitorado.

Apenas 11% se sentiram mais com vontade de votar num candidato apoiado pelo governador do PSDB.

Para um bom entendedor, Ratinho Júnior e Beto Richa já se digladiam por uma das duas vagas ao Senado em 2018. Só não vê quem não quer.

O levantamento foi realizado entre os dias 17 e 19 de setembro. Foram entrevistados 450 eleitores e a margem de erro é de 4,5%.

Veja os gráficos na íntegra AQUI

Nenhum comentário: