1 de janeiro de 2016

Na surdina, dez governadores traidores do povo, se reúnem com o governo em Brasília

O que são esses senhores senão uns baita traidores do povo brasileiro?

E a conversinha fiada de que foram lá pata 'lutar pelo povo' dos estados é pura fanfarroníce. Os caras sabem que o Brasil vai fechar o ano de 2015, no vermelho, com rombo de R$ 120 bilhões, que a dívida pública de R$ 3,8 trilhões, mostra que faliram o país e vão pedir dinheiro? Pezão que tivesse vergonha na cara, junto dos piccianis fazendo fortunas com as olimpíadas e se fazendo de 'joão sem braço'?

Reunião na surdina, com o boneco Barbosa, ajeitada pelo Rolemberg?

É óbvio que se trata de mais conchavos contra o Impeachment e a favor da desgraceira que está a destruir o Brasil.

O resto é abobrinha da velha mídia, igualmente traidora e muito bem paga para falar besteiras a favor dos traidores da Pátria.

À propósito, a reunião dos traidores, organizada pelo governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg – contou ainda com a presença dos governadores Luiz Fernando Pezão (RJ), Geraldo Alckmin (SP), Marconi Perillo (GO), Marcelo Miranda (TO), Fernando Pimentel (MG), Rui Costa (BA), Wellington Dias (PI), José Ivo Sartori (RS) e Paulo Câmara (PE), além do vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão.

(Emerson Rodrigues, para os blogs da Mídia Livre)

Nenhum comentário: