29 de março de 2016

Câmara de Sarandi faz sessão na surdina as 15h para votar projeto do executivo que cria gratificação para alguns cargos

Câmara de vereadores de Sarandi vota projeto enviado pelo executivo na surdina, ou seja, as 15 horas, em preno dia quando o trabalhador está suando a camisa para ganhar um salário mínimo. O decreto de Lei cria gratificação de responsabilidade técnica, para os cargos efetivos de químico e engenheiro. Cria também gratificação de representação para os cargos efetivos de advogado e analista de sistema. Pelo geito está sobrando dinheiro Sr prefeito? E a câmara vai dar mais esse golpe no povo sarandiense? E o servidor como fica? E o nosso sindicato SISMUS?
Mais uma vez uma sessão extra para votação em horário desproporcional com o trabalhador. Mas vamos divulgar amplamente quem votou sim e quem votou não.

Nenhum comentário: