sc

SE VOCÊ ESTÁ VENDO ISSO, O SEU CLIENTE TAMBÉM VÊ... ANUNCIE AQUI!
iniciar        parar

1 de maio de 2016

Shopping Center comete abusos e fere a Lei do Consumidor

Fui ao shopping Avenida Center com a família assistir Capitão América: Guerra Civil, e foi tudo muito legal, muita gente, muitas lojas, novidades etc. Mas presenciei algumas irregularidades que realmente não consigo entender como o PROCON de Maringá deixa acontecer. Vitrines com mercadorias expostas sem preço, isso fere o código do Consumidor e preços abusivos, como cobrar cinco reais e cinquenta centavos por uma latinha de refrigerante... Só porque é dentro do cinema? Eles pagam mais caro por serem donos de cinema? Realmente os Shopping Centers são para ricos e não para pobres.

Refrigerante lata $ 5,50
Pipoca Pote $ 13,00
Suco do Vale lata $ 6,50
Chocolate MM $ 12,00

Aqui em Sarandi não é diferente quanto a não cumprir a Lei de colocar preço nos produtos em lojas. O Código de defesa do Consumidor diz que não havendo preço exposto na mercadoria em vitrine, fica valendo o preço do produto ao lado que tenha o menor valor. É só andar pela cidade e vai constatar isso... Só o PROCON que não vê.
Postar um comentário