29 de junho de 2016

Transtorno do viaduto

A senhora Elizena Maria Garbelini, moradora em Sarandi desabafou nas redes sociais hoje com o transtorno que se tornou o cruzamento da rodovia BR 376 com a avenida Londrina;

"Bom dia amigos das redes sociais, estou hoje aqui para manifestar minha indignação. Simplesmente não se consegue atravessar a via paralela ao posto Juninho sentido bairro do Jardim Independência para o Centro de Sarandi, por que os semáforos estão desligados. 

Liguei para a Guarda Municipal e fui informada que é responsabilidade da Federal e que os mesmos já estão cientes. Só que isso já está acontecendo desde ontem. Pergunto, e o povo como fica? A mercê de ser atropelado? Porque ninguém para o carro para nos deixar passar. Autoridades tomem providências, porque depois que morrer alguém não precisa de autoridades, só do IML." (foto Flamma Comunicação)(Inf. Maringá Manchete)

Nenhum comentário: