23 de julho de 2016

Delegado Jacovós desiste de concorrer como prefeito de Sarandi

Após já noticiarmos aqui no Manchete a possível desistência do delegado de policia, Aparecido José Jacovós (PDT), ao cargo de prefeito de Sarandi, a informação se confirmou durante um café da manhã hoje, onde anunciou a equipe sua desistência.

Os motivos seriam as imposições que o atual prefeito,Carlos Alberto de Paula Júnior (PDT), vinha fazendo ao pré-candidato. De Paula queria a vice da chapa a nomeação do partido PCdoB, Jacovós sempre disse que não aceitaria nenhuma imposição de nomes, ..."eu que escolho a minha equipe...não suporto puxa-sacos...", reafirmava o delegado.

Há cerca de duas semanas, os rumores ficaram mais fortes de sua desistência, Jacovós enfatizou ao site Manchete que havia dado um ultimato ao grupo político do De Paula, "...ou todos estão comigo e aceitam o meu sistema de trabalho ou definitivamente irei desistir...". Foi o que culminou na manhã deste sábado.

O prefeito, Carlos de Paula, tratou de contactar o outro pré-candidato do PSDB, o empresário Walter Volpato, para trocar o seu apoio por alguns cargos na prefeitura caso o tucano se elegesse. Um dos principais pedidos de De Paula, foi a manutenção de seu assessor de comunicação, Geraldo Irineu.
O atual prefeito disse informalmente a um grupo de amigos, que com a desistência de Jacovós, não irá lançar outro nome para concorrer as eleições deste ano.

Mesmo com os pedidos e a propaganda eleitoral antecipada feita por De Paula e o atual ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), não foram suficientes para sensibilizar o experiente delegado, que sempre primou pela gestão austera na vida pública. (Inf. Maringá Manchete)

Nenhum comentário: