14 de setembro de 2016

Começou o choro: Mercadante diz que “querem inviabilizar a candidatura de Lula em 2018”

Como era de se esperar, a reação dos apoiadores do Partido dos Trabalhadores seria de choro e inconformidade com o trabalho da Justiça após a denúncia do Ministério Público Federal sobre o tríplex no Guarujá. Mais do que isso, veio a denúncia de que Lula era o chefe do esquema criminoso operado na Petrobras.

Ao Brasil 247 (veículo golpista que atuou como porta-voz do petismo durante os governos Lula e Dilma), o ex-senador e ex-ministro Aloizio Mercadante tentou argumentar que Lula era inocente. Como as muitas provas apresentadas sugerem o contrário, Marcadante afirmou: “Querem inviabilizar Lula para 2018”.

O golpe desmantelado pela Operação Lava Jato abalou as estruturas do petismo e influenciou no fim da era petista na presidência da República, provocando o desgaste do governo Dilma Rousseff e sua cassação. O próprio Aloisio Mercadante está envolvido em uma grave tentativa de obstrução da justiça, já que teria tentado silenciar o ex-senador Delcídio Amaral a mando de Dilma Rousseff. O próprio Delcídio afirmou que Mercadante o ameaçou (e também a suas duas filhas), para que não revelasse o papel de Dilma Rousseff no plano de fuga de Nestor Cerveró. (Inf. Jornalivre.com)

Nenhum comentário: