5 de outubro de 2016

Meter o pé na lata não deu certo

Não virou

jones
Pai e filho, Jones Darc de Jesus, 42, e Jonathan Darc de Jesus, 19, foram candidatos em Maringá e Sarandi pelo PP com o mesmo número: 11222.

Negrão Sorriso, ex-borracheiro que virou apresentador de televisão e depois chegou à política, previa fazer bem mais que os 819 votos que fez. Era para ser 6 mil votos. Assim como o filho, que fez 100 votos contra os 3 mil projetados pelo pai.

Por falar no vereador maringaense, seu patrimônio voltou a aumentar.

Como se recorda, em 2008, quando foi candidato a vereador pela primeira vez (2.837 votos), em Maringá, ele declarou à Justiça Eleitoral não ter nenhum patrimônio. Em 2012, quando se elegeu (3.958 votos), ele informou possuir bens no valor total de R$ 100 mil. Em 2014, candidato a deputado estadual (9.712 votos), ele declarou que seus bens chegam a R$ 55 mil. Este ano, buscando a reeleição, seu patrimônio declarado foi de R$ 286.000,00. (Inf. Rigon)

Nenhum comentário: