10 de novembro de 2016

Decisões da ultima assembleia do SISMUS

Reivindicar 15% de reajuste salarial, inflação (algo em torno de 7% a 8%)mais aumento real.

Sobre a greve dia 11/11, a maioria da assembleia decidiu não aderir a greve. Muitos ponderaram a crise na saúde e o feriado na próxima semana e um possível recesso, tudo isso poderia trazer prejuízos a população e acabar tendo repercussão negativa.

Diante disso foi encaminhando a continuação do debate na base contra a PEC55-teto dos gastos, contra a reforma da previdência e a flexibilização da CLT. (Inf. Nilson do Nascimento Pres. SISMUS)

Nenhum comentário: