22 de dezembro de 2016

Crônicas do Mochi: Duque Zezinho e suas maracutaias

Zezinho era um cidadão acima de qualquer suspeita, bem sucedido em sua cidade e parecia não ter problemas com nada ilícito ou qualquer coisa que o desabonasse perante seus amigos e seus eleitores já que que se candidatou a duque e tinha uma boa popularidade.

Zezinho conseguiu ser duque mas achava que era rei, tanto que começo a maltratar e a menosprezar as pessoas a sua volta. Zezinho esbravejava impunha respeito dizendo sobre sua honestidade.

Zezinho se metia em tudo e como achava que era rei passava por cima das ordens do verdadeiro rei, tentando assumir o controle de tudo, até mesmo da mobilidade política.

Zezinho começou a incomodar alguns membros do conselho da corte, quando começou a desfazer e se julgar melhor que os demais. Mas o que zezinho não esperava é que no meio desse conselho tinha um tal de "Sir Tony Tornado" bem armado com provas das maracutaias do duque zezinho e rapidamente mostrou para outros membros do conselho.

Zezinho que pregava de honesto agora está pianinho e não faz mais maldades, afinal, corre o risco de ter seu nome jogado ao vento e todos saberão que ele na verdade é desonesto, que gosta de uma falcatrua.

Zezinho descobriu que não foi legal pagar despesas pessoais e de terceiros com o dinheiro do rei. Pobre zezinho agora está nas mão o "super Tony Tornado" e seus cavalheiros. Se espernear se suja e respinga no rei.

Quem é o Duque Zezinho? Quem é o Cavalheiro Tony Tornado? Quem é o Rei? Somem 2 mais dois e acompanhem o blog...

Moral da história: "Quem tem rabo de palha não encosta a bunda no fogão".

Nenhum comentário: