21 de dezembro de 2016

“Projeto palhaçada” é derrubado e plateia comemora: “chupa Nildão”

Foi reprovado em sessão extraordinária da Câmara de Sarandi, nesta quarta-feira (21), projeto de resolução “palhaçada” que previa extinção de dois cargos de assessoramento. A medida iria prejudicar possível presidência do PC do B (Partido Comunista do Brasil) na próxima legislatura.
Vereador Nildão votou à favor do corte de cargos comissionados. Imagem: Reprodução / YouTube.
O Projeto de Resolução nº 5/2016 é da Mesa Diretora, presidida pelo vereador Belmiro da Silva Farias, o Belmiro Barbeiro (PDT). A proposta iria extinguir os cargos de chefe de gabinete e de procurador jurídico. Os dois são cargos comissionados com salários de R$ 6,5 mil cada.

Segundo o vereador Nelson Lima (PC do B), o projeto não passou pela Comissão de Legislação, Justiça e Redação.

– Isso, para mim, descumpre os nobres pares. É uma palhaçada. Esses cargos serviram à mesa diretora até a presente data. Quer dizer que à próxima presidência não vai servir? – questionou Lima.

Nos bastidores, um grupo intitulado “G6” foi criado à fim de dar ao PC do B a presidência da Câmara a partir do ano que vem. O Partido Comunista teria rompido apoio ao prefeito eleito Walter Volpato (PSDB) (entenda).

Vaiado, o vereador Eunildo Zanchim, o Nildão (PPS), justificou que a resolução tem intuito de equiparar a quantidade de cargos efetivos e comissionados. Impedido de falar no plenário, ele se dirigiu à plateia:

– Quando um burro fala, o outro…

Votação
Após empate na votação nominal, foi o próprio vereador Belmiro Barbeiro quem decidiu a pauta. Ele foi contrário ao projeto da mesa que preside. O atual presidente da Câmara não foi reeleito.

Exceto pelo vereador José Roberto Grava (PSC), que esteve ausente da sessão, veja, abaixo, como votou cada vereador:

Contra
Adilson Marques da Silva (PC do B)
Erasmo Cardoso Pereira, o Erasmo da Saúde (PC do B)
José Aparecido da Silva, o Nito (PP)
Nelson Lima (PC do B)
Belmiro Barbeiro (PDT) – voto desempate

À favor
Ailton Machado (PDT)
Cilas Morais (PSB)
Nildão (PPS)
Rafael Pszybylski, o Rafael do Povão (PP)

A próxima votação, em segunda discussão, será realizada na próxima segunda-feira (26), após o Natal. (Via: Sarandipr.com)

Nenhum comentário: