7 de janeiro de 2017

Câmara de Sarandi deve ouvir Volpato sobre reajuste da água

Com menos de uma semana no cargo, o prefeito de Sarandi, Walter Volpato (PSDB), reajustou a tarifa de água em 7,19%, valor correspondente à correção pelo Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) acumulado em 2016.

A iniciativa está sendo criticada pela população já que começo de ano é pesado para o bolso do contribuinte, e também comparada com as primeiras atitudes do prefeito de Maringá, que reduziu os cargos comissionados e criou o vale-alimentação para os servidores.

Considerando que o ex-prefeito Carlos Alberto de Paula Junior deixou alguns milhões em caixa (R$ 5 milhões na autarquia Águas de Sarandi), vereadores se mobilizam para saber o que levou ao reajuste neste momento. Estariam interessados em convocar Volpato para explicar o fato na câmara municipal os vereadores Mineirinho, Erasmo da Saúde, Eliana Trautwein, Gil e Dionízio da Diocar.

O interesse em ouvir o prefeito tucano aumenta na medida em que correm boatos de que a administração pretende atualizar a planta genérica de valores, o que deve provocar um aumento na cobrança do IPTU. (Via Rigon)

Mochi: Mas sabem o que vejo? Um monte de se sensacionalistas usando esse aumento em benefício próprio porque estão com raiva do Volpato... Esse aumento é herança do De Paula, que recuou em aumentar a tarifa por causa da campanha, agora soltou a bomba na mão do Valter. Esse aumento é para cobrir algumas cagadas, algumas ações que poderiam ser feitas mas a politicagem não deixou. O aumento é pequeno e o impacto será pequeno, tem muito sensacionalismo em cima disso. O povo deve se atentar para o que é verdadeiro e o que é aproveitamento. Como podem falar tanta merd.. contra 7 dias de governo? E olha que hoje é sábado.

Nenhum comentário: