15 de fevereiro de 2017

Criança é prioridade, não da para esperar decisões burocráticas

 Primeiro o Lar Esperança manda um bilhete para os pais que o atendimento às crianças será suspenso a partir do dia 15(hoje) e de repente começa a circular até pelo zap outra informação que vão atender normalmente. O que acontece?

Recebi de um amigo:
"O Lar Esperança é a única entidade de Sarandi que vem fazendo campanha e captação de recursos junto as pessoas e empresas e agora na última terça feira, o CMDCA aprovou por 7 votos a 5 para que o recurso vá para a Promec. O Lar Esperança captou quase 50 mil do imposto de renda via FIA Municipal e na reunião do dia 07.02.2017 o CMDCA deliberou 37 mil para a Promec e não para o Lar Esperança."

As crianças não podem ficar a mercê de burocracias e inexperiências de quem precisa aprender mais sobre o assunto ou pela falta de gestão de quem assumiu sem conhecimento. 

Quem realmente precisa ser responsabilizado por este "ping-pong" com os recursos voltados à criança? 

Se queriam abafar não deu! Vamos voltar com mais informações sobre este assunto. Estou acompanhando tudo de perto.



Nenhum comentário: