13 de março de 2017

Temporal causa estragos e morte no RS

Um dos municípios mais afetados pelo temporal que atingiu parte do Rio Grande do Sul na manhã deste domingo (12), São Francisco de Paula, na Serra, tem centenas de pessoas desabrigadas e uma morte, além de feridos. Sete bairros foram atingidos.

Durante a tarde, o subchefe da Defesa Civil estadual, tenente-coronel Jarbas de Avila, afirmou ao G1 que pelo menos 10 pessoas estão desaparecidas e duas mortes haviam sido confirmadas, as de "uma criança de dois anos e um jovem", em ocorrências distintas. Na noite deste domingo (12), porém, a Defesa Civil corrigiu esse número e afirmou que apenas uma morte foi confirmada, a do jovem. Ele foi identificado como Claudemir Gomes de Freitas, de 24 anos.




As famílias desabrigadas estão sendo encaminhadas ao ginásio municipal. A prefeitura mobiliza equipes para levar alimentos e roupas secas para os moradores. Segundo a Defesa Civil, cerca de 200 pessoas estão no local. Escolas e outros dois ginásios da cidade também estão recebendo moradores que ficaram desabrigados após suas casas serem danificadas.

A Brigada Militar do município conta com o apoio do Corpo de Bombeiros de cidades vizinhas para fazer os resgates. O acesso às famílias atingidas é difícil em função do número de árvores que caíram com o forte vento e bloqueiam as ruas. A Defesa Civil alerta para a necessidade de doações principalmente de lonas, telhas, alimentos e roupas.

Conforme o governo do estado, os moradores da cidade estão sem energia elétrica e devem receber reforço no policiamento - já solicitado - para evitar saques às residências. O governador em exercício José Paulo Cairoli viajará ao município, na manhã desta segunda (13), para verificar os danos e prestar todo o apoio necessário à comunidade.

Governo libera recursos para a área da saúde
Por determinação do governador José Ivo Sartori, a Secretaria da Saúde repassará, nesta segunda-feira (13), R$ 175 mil para ajudar no atendimento de saúde em São Francisco de Paula. A liberação dos recursos foi comunicada pelo secretário da Saúde, João Gabbardo dos Reis, ao prefeito Marcos Aguzzolli.

Gabbardo também orientou a Central de Regulação do Estado que dê prioridade de atendimento às solicitações do município, autorizando a compra de leitos na rede privada, caso seja necessário.

Outras cidades têm transtornos
A chuva também causou bloqueio na BR-116 em Caxias do Sul e transtornos com alagamentos em diversos municípios do estado. Em Porto Alegre, a Zona Norte foi a região mais atingida. Não houve registros de estragos mais graves, mas diversas ruas e avenidas ficaram alagadas, incluindo o acesso ao Aeroporto Salgado Filho.

Mais de 50 mil clientes ficaram sem energia elétrica, de acordo com as concessionárias responsáveis pelo serviço. Em nota, a Rio Grande Energia (RGE) informou que reforçou o número de equipes nas ruas para recuperar a rede elétrica, fortemente atingida pelo temporal. Segundo a empresa, houve o rompimento de cabos devido a árvores que caíram sobre a rede e a queda de postes.

Veja mais AQUI
(Inf. G1)

Nenhum comentário: