11 de maio de 2017

Câmara corta diárias, e o que economizarem vai para a causa animal

A Câmara de Vereadores de Sarandi suspendeu, por 90 dias, a liberação de diárias para os dez parlamentares da casa. O valor economizado, será destinado à causa animal.

A informação é do vereador Eunildo Zanchin, o Nildão (PPS), e foi divulgada na Rádio 91,3 FM, nesta quinta-feira (11).

Segundo Nildão, os vereadores já aprovaram a criação do Fundo Municipal da Causa Animal. Este órgão, de acordo com ele, terá uma conta onde será depositado os valores economizados em diárias.

Nildão não soube precisar quanto o corte de diárias deve gerar em economia à câmara. Um estudo técnico dos valores ainda está em elaboração.
Diárias

No ano passado, estudo do Observatório Social de Maringá apontou que a Câmara de Sarandi pagou R$ 413 por diária aos vereadores, em 2015. É o valor mais alto no ranking de 30 municípios que compõe a Amusep (Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense) (leia mais). 

Nenhum comentário: