2 de novembro de 2017

Preso em Ponta Grossa confessa crime em Sarandi: Após 50 dias preso Luiz é inocentado


A Polícia Civil de Sarandi libertou Luiz da Silva Lemos, 41 anos, preso sob suspeita da morte de Isabel dos Santos, 51 anos. O assassinato ocorreu em 9 de outubro.

Informa o repórter André Almenara que os advogados de Lemos solicitaram a liberdade do cliente após outro suspeito confessar o crime, em Ponta Grossa (leia mais).

A juíza da 2ª Vara Criminal de Sarandi acatou o pedido, e Lemos foi solto na tarde desta quarta-feira (1). Ele havia sido preso em Osasco (SP) dias após o crime.
Crime

Isabel foi encontrada morta na casa onde morava, na Rua Carlos Gomes, no Jardim Ouro Verde, num sábado, dia 9. Ela tinha sinais de estrangulamento e violência sexual.

Francisco Wellington Pereira da Silva, 28 anos, estava preso em Ponta Grossa, e também era suspeito. Ouvido por investigadores de Sarandi, ele confessou e detalhou o crime (leia aqui).

*Grande trabalho da polícia civil e do Dr. Emerson Farias que fez um brilhante trabalho.

Nenhum comentário: