SEJA BEM VINDO!
iniciar        parar

15 de janeiro de 2018

Sobe para 11 o número de vítimas da Febre Amarela em Minas

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) confirmou nesta segunda-feira (15) mais duas mortes por Febre Amarela em Minas Gerais. Diante disso, o número de óbitos atribuídos à doença desde o fim do ano passado subiu para 11.

Das duas novas vítimas, uma morava em Goianá, na Zona da Mata, e outra em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte. Nova Lima, aliás, é a cidade mineira com o maior número de óbitos: quatro registros.

Não há registro de óbitos entre moradores de Belo Horizonte, mas um macaco encontrado morto nesta segunda, no bairro Estoril, acendeu a luz de alerta tanto na população quanto no poder público. 

É bom frisar que macacos não transmitem a doença, sendo também vítimas do mosquito infectado pelo vírus. Entretanto, como explicam os especialistas, os primatas servem como uma espécie de "sentinela" para o monitoramento da presença do vírus. 

A equipe de Zoonose da Prefeitura de BH recolheu amostras de sangue do primata para análise.

Postar um comentário