SEJA BEM VINDO!

7 de março de 2019

Veja sem cortes o vídeo postado por Bolsonaro no Twitter

O afinco que o Presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) tem em enviesar situações é gigante. Na noite desta terça-feira, 5, último dia do Carnaval, o chefe do Executivo compartilhou um vídeo em seu Twitter que mostra um garoto urinando na cabeça de outra pessoa no meio de um dos milhares de bloquinhos carnavalescos que saíram pelas ruas de todo o país.

“Não me sinto confortável em mostrar, mas temos que expor a verdade para a população ter conhecimento e sempre tomar suas prioridades. É isto que tem virado muitos blocos de rua no carnaval brasileiro”, comentou o presidente.


Quando o presidente diz que é necessário expor a verdade à população, por que ele se utiliza da exceção para tal? Não é regra que em vários blocos pessoas urinaram na cabeça de outras. E, se essa foi uma situação particular, por que tomá-la como exemplo? Podemos aqui elencar outas situações que foram regra e MUITO positivas durante o Carnaval 2019, que o Bolsonaro poderia ter mostrado em seu Twitter:

Milhões de pessoas ocuparam as ruas de forma democrática para celebrar, brincar, dançar, cantar, beijar.

Milhões de pessoas ocuparam as ruas para protestar no Carnaval (inclusive, o presidente foi uma das maiores vítimas. Talvez por isso esse ódio todo contra os bloquinhos…)

Milhares de pessoas se uniram em prol de campanhas humanitárias e muito dignas, como por exemplo o #CarnavalSemAssédio, lançada pela Catraca Livre para combater o assédio sexual, mas é muito mais fácil pegar um recorte pequeno de algo que te desagradou e tentar entuchar na cabeça do seu eleitorado, não é mesmo sr. Presidente?

“Ah, Catraca, mas vocês não vão falar sobre a cena em si?!”. Não, não vamos. Já tem muita gente pra julgar essa cena em si, tá ótimo.

Tem TANTA coisa pra gente falar… vamos falar sobre a homofobia que mata milhares de LGBTs no Brasil todo ano? Vamos falar sobre o fato de mulheres ainda ganharem menos do que os homens em cargos iguais? Vamos falar sobre os negros serem abordados por policiais todos os dias nas ruas só por serem negros? E que tal o salário destes mesmos policiais, sr. Bolsonaro? Um lixo, não é?!

O presidente precisa começar a se preocupar urgentemente com questões mais sérias que afetam milhões e milhões de pessoas no país. O fato de um garoto fazer xixi em outro não merece a atenção do mais alto cargo Executivo do Brasil… (Catraca Livre)

Veja o vídeo da polêmica na íntegra clicando AQUI

Nenhum comentário: