Clique na imagem para saber mais...

14 de fevereiro de 2014

Um transexual ganha processo após ter consulta com ginecologista negada

A transexual Adriana ganhou uma indenização após uma ação movida na Justiça por ter tido negada uma consulta com uma ginecologista no Pará. Ela fez a cirurgia de mudança de sexo em 2008 e procurou um médico depois que passou a ter problemas com hormônios.

Ela foi atendida uma vez pela especialista, mas o convênio não pagou pela consulta, por isso a profissional recusou a atendê-la novamente.

Adriana, desde então, movia um processo. A Justiça estipulou o valor de R$ 16 mil. Segundo a sentença, o plano de saúde não poderia barrar o atendimento, mas sim o médico decidir que procedimento realizar com a paciente.

Em nota, o plano de saúde disse que a consulta foi negada porque Adriana ainda estava com nome masculino no documento e foi apenas um erro de sistema. A empresa disse ainda que não vai recorrer da decisão e vai pagar o valor estipulado pela Justiça. (Via R7)