ANUNCIE AQUI WattsApp(44) 9-9822-0553 - E-Mail: bmsarandi@gmail.com

10 de outubro de 2013

Mulher é expulsa de hospital e da a luz no jardim

Com dores de parto, Irma veio para o Centro de Jalapa Diaz de Saúde, quando ainda era noite, acompanhada pelo marido. A clínica estava parcialmente parada, porém teria uma equipe de emergência. Então para os poucos que estavam trabalhando disse-lhes que estava prestes a dar à luz. A paciente relatou que estava a horas tendo contrações e estava completamente dilatada. Os médicos fizeram-lhe algumas perguntas, mas não a atenderam argumentando que a indígena não fala espanhol perfeitamente e que não a compreenderam. Ou que, como havia sido assistido por parteiras durante a gravidez, eles não tinham certeza do que estava acontecendo. Como era, eles decidiram que não entendia e ignorou o óbvio: a mulher precisava de ajuda. A foto choca Veja!


Irma López Aurélio esperou mais de duas horas. Tentou obter o apoio de enfermeiros e pessoal administrativo, mas ninguém a internou, ou se quer deu-lhe atenção.

Assim, nas primeiras horas da quarta-feira passada, quando o sol tinha acabado de sair, foi para o jardim do centro de saúde, e lá, sem assistência, deu à luz a uma criança de 2 quilos 400 gramas, só então a socorreram.(Blog JK)

Nenhum comentário: