17 de abril de 2015

Assaltam mulheres na saída de shopping e são presos pela polícia

Duas mulheres que trabalham em uma loja de sapatos no Shopping Catuaí foram vítimas de assalto no final da tarde desta sexta-feira (17) quando saiam do trabalho em Maringá.

O ladrão, na companhia da namorada que está grávida de 6 meses, apontou um simulacro de arma de fogo na cabeça da motorista que estava preparando para dar partida em um Honda Civic.


O automóvel da vendedora estava fora do estacionamento do shopping quando foi surpreendida pelo casal. A dona do Honda Civic que tem 27 anos se negou em entregar a chave para o ladrão, neste momento o suspeito ficou com raiva, pegou a arma e deu três coronhadas em sua cabeça, causando ferimentos graves. A passageira que trabalha com a dona do veículo desceu para dar lugar a namorada do bandido.


Na sequência, o casal de assaltantes saiu em disparada com o carro sentido a Mandaguaçu. Uma pessoa de moto que presenciou o roubo foi seguindo os suspeitos e repassando as informações para a central do 190 da PM. Viaturas foram acionadas pelo COPOM para um cerco.

Na BR-376 houve um acompanhamento tático na tentativa de parar o veículo, mas o motorista resistiu e não obedeceu a ordem de parada da PM. O ladrão vendo o cerco acabou entrando na estrada Pulinópolis para tentar fugir das viaturas. Em uma estrada secundária após passar pela avenida principal do Distrito, os policiais efetuaram disparos de advertência onde o bandido foi baleado no abdômen. O elemento tentou sair do carro para entrar no mato quando apontou a pistola em direção dos policiais militares que revidaram disparando tiros em direção do suspeito. O ladrão caiu ferido após ser baleado, já sua namorada de 16 anos foi apreendida.

Uma ambulância do Siate prestou o atendimento em Wesley Pereira Dionísio, 18 anos, que foi encaminhado ao Hospital Universitário sem risco de morte. Já a sua namorada foi encaminhada à delegacia de polícia. Assim que o assaltante receber alta médica será conduzido para a cadeia. (via Maringa Manchete)

Nenhum comentário: